• Tiago Rodrigues Benedetti

Planner para estudar sozinho durante a quarentena

Se você está perdido em relação aos estudos no período de isolamento social e suspensão de aulas presenciais, tenho uma sugestão e uma ferramenta para te ajudar. Fiz um planner de organização semanal e uma sugestão de como utilizar esse planner considerando como exemplo e referência uma rotina de estudo para quem está estudando para o ENEM e está de olho em MEDICINA. Ou seja, pesando principalmente em Ciências da Natureza e suas Tecnologias (CNT) - biologia, química e física.


Não sabemos quanto tempo o período de suspensão de aulas e outras atividades vai levar, por isso fiz um planner com datas em aberto para você completar semana por semana. Veja abaixo a minha sugestão e siga a leitura para entender a proposta. Lá no final vou deixar o planner em branco e também esta versão preenchida disponíveis em versão PDF para você fazer o download e utilizar.


Nessa sugestão que fiz, coloquei como meta dois blocos de estudo, um bloco principal pela manhã - de 09h às 12h - e mais um bloco secundário a tarde - de 14h às 18h - dividido em dois momentos, para duas matérias. Agora vamos aos fundamentos:


  1. Pela manhã você deve estudar sempre as matérias de maior peso para seu processo seletivo. Nesse caso, considerando medicina, considerei natureza e linguagens.

  2. Para o estudo da manhã, considere um blocão de estudo de pelo menos 3 horas de duração para que você possa se demorar mais tempo nessas disciplinas, estudando com qualidade, fazendo uma leitura mais atenta, produzindo bons resumos e resolvendo muitos exercícios.

  3. Para a sexta-feira deixei um bloco em aberto para você escolher uma disciplina de maior peso para repetir. Nesse exemplo, deixei física como uma matéria para estudar mais uma vez, para reforçar, dada a dificuldade que os alunos costumam ter nesta disciplina.

  4. Para o horário da tarde deixei o horário divido sempre em dois blocos menores para as matérias de menor peso ou de estratégias mais estratégicas, que é o caso de matemática. Você precisa estudar matemática todos os dias, mesmo sendo peso 1 no seu edital. Para o ENEM, a matemática tem um peso grande na média ponderada final e, por isso, deve ser encarado como uma disciplina de alto peso, independente do edital. Estude matemática um pouco menos que as matérias mais 'nobres', mas estude todo dia.

  5. Na segunda-feira, na hora de estudar matemática, repare que deixei descrito como matemática básica, no sentido de começar a semana reforçando e treinando os conceitos fundantes dessa disciplina. Muitos estudantes que relatam problemas com matemática só têm esses problemas porque na maioria das vezes não sabem a matemática básica. Coisas complexas são feitas de coisas simples. Coisas grandes são feitas de coisas pequenas. Seja humilde, insista na matemática básica lá do Ensino Fundamental e você verá seu progresso em aprendizagem nesta matéria se desenvolver cada vez mais.

  6. Guarde o sábado para estudar um pouco de arte e educação física para ENEM. São poucas as questões destas áreas na prova de Linguagens, códigos e suas tecnologias, mas justamente por isso, você não pode errar.

  7. No sábado reserve um tempo curto para escrever sua redação da semana. Acostume-se a escrever sua redação com prazo curto, isso vai te ajudar no dia da prova.

  8. Ainda no sábado, reserve o tempo que puder para fazer uma revisão de retomada geral de todos os conteúdos da semana. Esta será sua revisão de manutenção.


Falando em REVISÃO, preste atenção nos horários marcados em vermelho aparecendo ali por volta das 19h.

Deixei reservado um pequeno momento da noite para fazer uma REVISÃO DE FIXAÇÃO. Essa revisão deve ocorrer sempre que você estudar um conteúdo novo em um dia. No dia seguinte, você deve retomar brevemente este conteúdo que é novo e reforçar com uma rápida revisão de fixação - faça releitura do seu resumo, resolva alguns exercícios e faça ajustes nas suas anotações. Só isso e pronto, revisão de fixação concluída.


Sobre essa questão de conteúdo novo, como fica isso no planejamento de estudo? Neste momento você deve pensar no seguinte - você vai usar o período de quarentena para REVISAR os conteúdos mais difíceis que você estudou até o momento da suspensão das aulas presenciais. Revise o que você teve dificuldade e acabe de vez com as suas LACUNAS DE APRENDIZAGEM. Já as disciplinas/conteúdos que você considera mais fáceis, avance estudando conteúdos novos.


Resumindo a estratégia geral é simples:


  • REVISE os conteúdos/disciplinas mais difíceis e fique bom nisso. Supere a sua dificuldade.

  • AVANCE estudando conteúdos/disciplinas mais fáceis, pois como são mais fáceis você vai dar conta de estudar sozinho.


Lá no topo do planner eu deixei três linhas descritas como METAS. É ali que você vai planejar dia a dia o que é que você vai revisar e o que é que você vai avançar. Nesse meu planner de sugestão, onde eu escrevi ESTUDAR significa avançar em conteúdo novo. Onde eu escrevi REVISAR significa retomar conteúdos passados que merecem um reforço. Essa decisão do que deve ser REVISADO ou ESTUDADO fica com você!

Quer baixar o planner em branco e outros materiais de apoio aos estudantes para este período de quarentena? Deixei um material de suporte para você em uma pasta do meu Google Drive. Basta CLICAR AQUI e se servir.


Se você gostou deste conteúdo, deixe um comentário. Compartilhe com seus colegas e passe adiante nas redes sociais. Se precisar de ajuda, entre em contato via Direct pelo Instagram do @aprenda.mais.


Cuide-se, lave bem as mãos e bons estudos.

Ah, e se puder... fique em casa!

0 visualização

VOCÊ SABE ESTUDAR?

VOCÊ QUER TER RESULTADOS COM SEUS ESTUDOS?

ENTÃO ESTUDE CERTO E APRENDA MAIS!

Aprender a estudar deveria ser uma das 'disciplinas' mais importantes das escolas, mas essa não é a realidade. Essa lacuna na educação formal tem criado gerações de estudantes que não sabem estudar.

E é por isso que estamos aqui.

  • Instagram - Cinza Círculo
  • YouTube - círculo cinza
  • Facebook - círculo cinza

Capacitação para estudantes

Profissionalização do ofício do estudo

Conscientização em autonomia de aprendizagem

Inovação em educação

Treinamento em metodologias de estudo e estratégias de aprendizagem

Neurociência aplicada ao contexto acadêmico

Brain-Based Learning como instrumentalização em aprendizagem

- - -

APRENDA MAIS | TIAGO BENEDETTI

Email contato@cursoaprendamais.com.br

Telefone (68) 99949-2768 (WhatsApp)

Rio Branco | Acre | Brasil | 2020